Desde 2012 o conflito na Síria é chamado de guerra de proxies. O exército sírio, a tal oposição não fundamentalista (que rapidamente deixou de existir), a Al Nusra (franquia síria da Al Qaeda), ISIS. Todos (exceto os curdos) pareciam estar lutando no lugar de outros interesses mais poderosos como Turquia, Arábia Saudita, Irã, Rússia e […]