A Abril Mídia vendeu sua geradora de TV aberta na cidade de São Paulo e 42 retransmissoras espalhadas pelo país (veja aqui), que até o ano passado funcionavam como uma franquia brasileira da norte-americana MTV, de propriedade da Viacom. O comprador foi a editora Spring, de José Roberto Maluf, que edita a franquia brasileira da revista Rolling Stone.

Com isso, a Abril Mídia volta a ser apenas uma editora, com alguns outros negócios periféricos. Mais da metade de seu faturamento é proveniente das publicações com as marcas Veja e Exame. Clique abaixo e veja as empresas da Abril Mídia. Vale lembrar que a família Civita possui 70% da empresa e os restantes 30% são de propriedade do grupo sul-africano Naspers (principal mídia no apoio ao antigo regime do apartheid).

Abril Mídia

* – A Alphabase é a empresa do grupo que explora ações de marketing a partir dos dados dos assinantes.

* – A Elemídia é uma empresa que explora serviços de telas com informação estática, espalhadas por elevadores, academias de ginástica, shoppings, supermercados, etc.

* – DGB é a holding de logística e distribuição da Abril Mídia.