Recentemente, a Embratel promoveu uma oferta pública de aquisição de ações da operadora de TV paga NET Serviços. Esse processo teve como consequência a venda para a Embratel da participação direta da Globo na NET, cumprindo o que havia sido acordado com a Agência Nacional de Telecomunicações, conforme demonstra o  Informe 144/2012/CMLCE/Anatel. Agora, a Globo possui apenas uma pequena participação indireta (embora mantenha o acordo de acionistas que permite que os canais da Globosat tenham tratamento diferenciado na operadora – e que deveria motivar uma investigação de prática anti-concorrencial por parte do órgão regulador do audiovisual).

Essa oferta pública foi um passo importante para a fusão (que deve começar a ocorrer ainda este ano) entre todas as empresas brasileiras controladas pela America Movil: Embratel, Claro e NET. Em paralelo o grupo mexicano também vinha trabalhando no processo, agora concluído, de incorporação de todas as subsidiárias da Claro, algumas delas com ações vendidas em bolsa.

Clique abaixo e veja como ficou a nova estrutura societária da NET Serviços, conforme informado pela Bovespa. Vale lembrar que ações ON possuem direito de voto, ao contrário das ações PN.

NET Serviços