O jornal Valor Econômico publicou hoje, dia 20 de agosto, seu Guia Valor, com o ranking das 1.000 maiores empresas não financeiras atuantes no mercado brasileiro em 2012.

Para analisarmos as empresas de comunicação é preciso destacar que, neste ranking, não constam os dados dos grupos Folha de São Paulo, Bandeirantes e Record.

Vale mencionar, também, que o ranking desmembra as controladas da America Movil: Embratel (98,15% das ações pertencentes ao grupo mexicano), Claro (100%) e NET Serviços (cerca de 93%). Somadas, pelo critério de receita líquida, as empresas de Carlos Slim Helu liderariam o setor de comunicações.

Por fim, os dados da Globo não englobam a Infoglobo (responsável pelos jornais do grupo, mas que também aparece no Guia Valor) e o Sistema Globo de Rádio (que não consta do ranking).

Abaixo, os principais dados dos maiores grupos de telecomunicações e comunicação que constam do Guia Valor 1000. Entre parênteses a colocação que a empresa ocupa no ranking geral.

Receita líquida

Lucro líquido

EBITDA

Patrimônio líquido

Endividamento oneroso

10 – Telefonica 33,931,4 4.452,2 12.705,4 44.681,1 8.023,4
17 – Oi 25.169,2 837,5 7.916,4 19.826,6 33.860,4
22 – Embratel 18.781,2 795,8 4.970,0 16.115,7 2.229,6
23 – TIM 18.763,9 1.448,9 5.010,0,0 13.832,9 4.468,3
32 – Claro 12.916,2 -886,8 2.560,4 10.382,8 143,0
33 – Globo 12.710,2 2.948,1 3.012,2 7.882,7 1.704,9
51 – NET Serviços 7.939,2 393,7 2.231,3 4.581,5 1.936,9
95 – GVT 4.300,6 621,4 1.839,4 3.209,5 3.305,3
147 – Abril 2.075,5 64,2 197,2 90,0 978,4
225 – Algar 1.811,5 141,0 452,3 662,2 921,1
293 – UOL 1.364,0 152,8 424,5 1.328,4 154,9
439 – Infoglobo 886,4 43,8 158,8 408,5 59,0
445 – SBT 870,3 52,5 84,6 260,4 134,1
530 – OESP 714,5 38,8 85,6 61,1 164,1
659 – Terra 540,0 -157,3 -120,2 141,1 99,0
736 – RBS 462,9 106,5 154,4 121,7 312,6
749 – EBC 454,1 17,3 47,0 323,0 0